Santo do Dia: 23 de Setembro - Emília Tavernier Gamelin

23 de Setembro - Emília Tavernier Gamelin

Emília Tavernier nasceu no dia 19 de fevereiro de 1800, em Montreal, Canadá, última dos quinze filhos de pais humildes, mas virtuosos e trabalhadores.

Quando tinha quatro anos de idade seus pais morreram, então Emília foi confiada a uma tia paterna, que a educou. Desde criança, mostrou grande sensibilidade para com os pobres e miseráveis, demonstrando grande vocação religiosa.

Entretanto, em 1823, casou com João Baptista Gamelin, que compartilhava as suas mesmas aspirações cristãs. Da união nasceram três filhos, que morreram ainda pequeninos. Logo em seguida, também seu marido faleceu. Em meio a essas inúmeras dificuldades, Emília encontrou na Virgem das Dores o modelo para a sua vida de religiosa e abriu o seu coração à caridade misericordiosa para com os necessitados. A sua casa, tornou-se refúgio para pobres, idosos, órfãos, presos, imigrantes, desempregados, surdos-mudos, portadores de deficiência, sendo espontaneamente denominada pela população de "Casa da Providência".

Durante quinze anos multiplicou os seus gestos heróicos, chamando a atenção das autoridades eclesiásticas locais. Em 1841, o bispo de Montreal, Inácio Bourget, foi a Paris e pediu que fôssem enviadas algumas Filhas de São Vicente de Paulo para fundar uma comunidade religiosa, mas não foi escutado. Assim, encontrou para a Casa da Providência outra solução e um plano. Selecionou algumas candidatas da sua própria diocese e confiou-as a Emília Gamelin. Foi assim que nasceram as Irmãs da Providência de Montreal.

Depois de ter sofrido em silêncio muitas provas, Emília Gamelin morreu, vítima de uma epidemia de cólera, no dia 23 de setembro de 1851. Deixou às suas filhas um exemplo e o carisma de extrema caridade e misericórdia para com os pobres, hoje presentes em vários países, desde a América do Norte até a América do Sul.

Em 2001, o papa João Paulo II reconheceu o heroísmo de suas virtudes e, depois, proclamou a fundadora, Emília Tavernier Gamelin, bem-aventurada, cuja festa autorizou para o dia de sua morte.

Paulinas
Santo do Dia - OpenBrasil.org
Página anterior Próxima página